Follow by Email

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Compreender o todo e não as partes é uma das abordagens que diferencia a atuação do psicopedagogo como profissional que atua com a aprendizagem humana e tem para  seu objeto de estudo um olhar de interdisciplinaridade na formação do seu relatório diagnóstico. Por isto a importância de ter o pensamento sistêmico a onde o todo seja valorizado.
Na leitura que segue autor nos convida a fazer esta reflexão.

Licenciada em Ciências Biológicas; Especialista em Psicopedagogia Institucional e Clinica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário